Viva a felicidade!

Viva a felicidade!

Logo no começo aqui da página eu postei uma frase do Freud que gosto muito:
“A felicidade é um problema individual. Aqui, nenhum conselho é válido. Cada um deve procurar por si, tornar-se feliz”
 
Muitas vezes temos a ideia de que algo nos dará o caminho da felicidade. Algo será a nossa resposta e então estaremos felizes. Nesse tipo de pensamento consigo pensar em vários poréns: e aí, quando isso chegar o que você vai fazer? Será mesmo que algo tem um poder tão grande? E no caso de conselhos: Será que se alguém realmente te der esse segredo vai de fato “servir pra você”?
 
Fico pensando que estamos desacostumados a ver as coisas com um sentido em si mesmo, ouvido o nosso coração sem pensar nos motivos de estar fazendo aquilo e nas consequências que tipo pode nos trazer.
 
É muito comum ouvir que se come saudável para chegar no corpo X, que se estuda para poder trabalhar com Y… e assim muitas coisas que gostaríamos de fazer acabam perdendo o sentido por não terem um motivo tão válido.
 
Precisamos aprender que podemos descansar por que precisamos desligar de vez em quando e nos distrairmos, que podemos estudar algo simplesmente por que o assunto nos interessa, que podemos comer mais saudáveis por que aprendemos ouvir nosso corpo e sabemos que alguns alimentos nos caem melhor que outros, que podemos nos programar para ter uma profissão que deixa a nossa vida mais interessante e que podemos sim nos organizar financeiramente mesmo que ela não seja tão reconhecida…
 
Precisamos construir uma vida que seja feliz ao longo do caminho e não nas sextas-feiras, nas férias ou nos objetivos alcançados!
 
Qual foi a última vez que você fez alguma coisa simplesmente por que aquilo era o que te fazia bem?
By |2018-07-22T10:47:14+00:00julho 22nd, 2018|Comportamento|0 Comments

About the Author:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: