Essa semana estava assistindo a um vídeo e ouvi algo bem interessante: quando focamos demais em um objetivo, deixamos de ver todas as outras possibilidades que estão a nossa volta, mas que perdem o valor por não serem aquilo que estamos tão “obcecados”.

Para a lagarta por alguns instantes a vida parece está perdida, mas aos poucos ela se transforma em uma linda borboleta!

Que possamos receber o que a vida nos apresenta: os novos planos, novos objetivos e novas possibilidades, é possível se transformar, se adaptar, aprender e crescer.

Como quem me conhece sabe que eu digo sempre: não é por que é diferente, que precisa ser ruim!