Quando me aceito como sou, posso então mudar!

Quando me aceito como sou, posso então mudar!

Dia desses conversando com um amigo ele me questionou sobre como era meu trabalho como psicóloga perguntando sobre o que eu fazia quando uma pessoa chegava a mim com uma queixa referente a alguma coisa que ela não gostava nela mesmo e que acreditava que precisava mudar….
 
Expliquei a ele o quão complicado acaba sendo esse tipo de pedido/ desejo, por que tudo na nossa vida tem uma história, nada do nosso comportamento é totalmente ao acaso ou simplesmente genético, tudo depende de quem somos, onde fomos criados e tudo o que fomos aprendendo e vivendo ao longo desse caminho… Inclusive a noção daquilo que precisa ser mudado ou aquilo que é bom, por que muitas vezes essa noção acaba dizendo mais sobre aquilo que está a nossa volta e fomos ouvindo do que sobre o que realmente pensamos ou elaboramos por que consideramos o melhor pra gente.
 
Penso que quando aparece esse desejo do preciso mudar, antes de tudo é preciso entender o por que, é preciso entender da onde é que vem esse desejo e por que consideramos essa mudança importante! Por que também acontece de muitas vezes decidirmos que algo precisa ser feito por que ouvimos muito no meio do discurso muitas vezes tóxico da sociedade que só certas coisas dentro de um determinado padrão é que estão certas.
 
Outras vezes podemos ver que o que queremos mudar acabou sendo uma forma que encontramos de nos comportarmos como defesa a situações difíceis que fomos passando ao longo da nossa vida.
 
Já em outras percebemos que existem coisas que são características nossas que podem acabar perdendo o peso do julgamento como errado ou ruim, e ao entrarmos em contato com isso podemos perceber que muitas vezes temos características interessantes e preciosas!
 
E sim em outras vezes podemos acabar mudando… Mas isso acontece por que nos odiamos e o ódio venceu? Não! Mas por que nos amamos e fomos aprendendo a nos tratarmos com mais carinho e respeito e o mudar tornou-se uma consequência, como uma roupa que não faz mais sentido, e não o objetivo maior.
 
Todo esse caminho é preciso ser feito com muito carinho, amor e paciência de nós para nós mesmos, por que tudo que é tratado com amor, floresce!
By |2018-11-07T10:34:10+00:00novembro 7th, 2018|Comportamento|0 Comments

About the Author:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: