Quantas vezes não nos pegamos brigando com a realidade? Pensando o quão injusto tal ou tal situação são e como gostaríamos que fosse diferente?
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Infelizmente, muitas coisas não estão ao nosso alcance, seja por infortúnios da vida, seja por que dependem da decisão de terceiros.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Mas, algo nunca nos pode ser tirado: a possibilidade de não sermos reféns das situações, a nossa capacidade de nos adaptarmos, a nossa capacidade de sairmos um pouco do idealizado e encontrarmos a nossa forma de lidar com a realidade que nos é apresentada.