Quem de nós muitas vezes não se deparou com situações que não eram muito bem da forma como imaginávamos ou idealizávamos?
*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*
Apesar do discurso muitas vezes comum em nossa sociedade de que tudo depende nós e que temos o poder de lutar pelos nossos sonhos e planos, a verdade é que nossas atitudes não são tão poderosas como gostaríamos…. Vivemos em um mundo em que somos sim impactados pelo outro, pela realidade e pelos infortúnios, mas ao mesmo tempo que isso nos atinge, não quer dizer que precisamos ser inteiramente reféns de todas as situações e simplesmente nos conformarmos.
*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*
Temos em nós algo que pode parecer pequeno, mas algo que ao meu ver é o mais importante: a capacidade de nos reinventarmos diante das situações que fogem do ideal, de não permitirmos que os infortúnios nos façam completamente desafortunados ou decepcionados e reféns das situações.
*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*
Penso que no momento em que passamos a construir uma forma de não lutar contra aquilo que está fora do nosso alcance e nos permitirmos enxergar mais opções e mais possibilidades, passamos para um caminho que nos liberta dos ideais e nos permite para seguir mais leves podendo construir algo novo a partir da situação que estamos vivendo.
*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*
O sol pode não estar brilhando todos os dias, mas isso não significa que não há a possibilidade de encontrarmos outras formas de se esquentar☀️