A campanha #setembroamarelo foi pensada no sentido de conscientização sobre a prevenção do suicídio, pois segundo a OMS os números tem aumentado mais a cada ano e 1 brasileiro a cada 45 segundos acaba decidindo por este ato extremo.

Com a correria, intensidade e cobrança que vivemos nos tempos atuais nossa saúde mental acaba sendo (infelizmente) cada vez mais deixada de lado pois temos a impressão que tudo acaba sendo mais importante do que nossas angústias, nossas preocupações e nossos desejos, agimos de uma forma como se eles, ou seja, nós mesmos, pudessem esperar um pouco mais ou não precisassem de atenção e com isso acabamos por nos negligenciarmos, desrespeitarnos e até mesmo nos abandonarmos…

Além disso, alguns de nós tiveram ou tem uma vida com situações tão delicadas que até mesmo a desesperança aparece, querendo dizer que não há mais jeito… Que falar não vai mudar nada, que não há mais solução…

Ou outros pensam que os problemas não são tão grandes que é melhor deixar de lado e seguir… Por que afinal, que frescura, não é mesmo?

Mas sabe, a verdade é que talvez seja justamente o contrário! É somente a partir do auto cuidado e da gentileza consigo mesmo que encontramos força e até mesmo sabedoria para lidar com as demandas da vida… Se elas são grandes, há de ser paciência com o caminho, e se elas não são tão grandes assim… Por que não agir de forma preventiva? Por que esperar piorar?

Somos seres feitos de palavra, feitos de linguagem, tudo o que somos, sentimos e vivenciamos passa pelo campo das palavras em alguma medida, e é somente quando nos permitimos falar sobre o que se passa dentro de nós que podemos então nos ouvir, refletir e assim entrar em contato com aquilo que se passa em nosso interior e assim passarmos ao momento de tomarmos atitudes e lidarmos melhor com as situações de uma forma alinhada com o que acreditamos que é melhor para nós mesmos, por que na correria, a última coisa que ouvimos é a nossa própria voz!

Muitos acham que falar com um profissional pode ser besteira… Afinal, se se tem amigos, família, por que procurar alguém?

Já outros pensam que não é preciso falar, nem para um profissional, nem pra ninguém… Afinal, sentem que é possível resolver tudo sozinho!

Mas será? Será mesmo? Que não só agora no mês de setembro, mas que durante todo o ano, possamos seguir em um caminho de dar mais uma chance para nós mesmos, de nos conscientizarmos que nossos sentimentos tem valor, que nossas preocupações tem valor e que sobre tudo que nós temos valor e merecemos o carinho e a atenção que dedicamos a tantas pessoas e tantas responsabilidades de nossas vidas!

Você importa!

Posts relacionados:
http://psicologiadescomplicada.com.br/2018/09/11/setembro-amarelo-mes-de-prevencao-ao-suicidio/

http://psicologiadescomplicada.com.br/2018/09/14/se-permita-florescer/